DATA NACIONAL DA SUÍÇA - 02/08/19

por Associação Suíço Valesana do Brasil. 02/08/2019
#cultura #suiçosvalesanos #suíça #raclette

DATA NACIONAL DA SUÍÇA

No dia 02 de agosto de 2019, na sede da Sociedade Filantrópica Suíça de Porto Alegre - SFS/POA, reuniram-se os associados da SFS juntamente com os associados da ASVB e mais o consulado honorário da Suíça em POA, para as comemorações da Data Nacional da Suíça.

No ato cívico realizado, ouvimos os hinos da Suíça e do Brasil.

Em seguida a sra Nilvana Sauthier, presidente da ASVB, agradeceu a presença de todos, a contribuição do Consulado Geral da Suiça e da Empresa Santa Clara na preparação da festa, a parceria com o Consulado de POA e a SFS pela acolhida , dizendo que essa acolhida revela a todos um verdadeiro sentido de pertencimento.

Salientou a importância da data Nacional, que destina-se a comemorar a fundação da Suiça, em 1291, quando três regiões se uniram para combater a invasão do Império austríaco.

É uma festa com características próprias, sem desfile militar, comemorada em  comunidade.Tem  ares de festa junina, com fogueira, fogos de artifício, muita comida e bebida. As fogueiras nos Alpes, é um espetáculo imperdível! Nos dias de hoje, comemorar essa data, revela que formamos uma comunidade que preserva os hábitos e costumes deixados pelos nossos antepassados. Isso nos individualiza  nos dando uma identidade .

 

Após a Sra. Loni Sassen de Araujo, presidente da SFS também fez seu pronunciamento, destacando

PONTUALIDADE, FIABILIDADE, MODÉSTIA E ZELO foram os valores destacados ontem pelo Sr. Ueli Maurer, o velho novo presidente da Suíça, durante o seu pronunciamento por ocasião da DATA NACIONAL SUÍÇA, para a importância de os suíços e seus descendentes representarem a Suíça, na terra em que estiverem.

Já decidida e praticamente impossibilitada de escrever umas linhas para esta data tão especial, quando ouvi a proposta de preservar e de transmitir valores para as gerações vindouras, tão discutidos e ausentes nos dias de hoje, isso fez com que eu voltasse atrás e não só  repensasse sobre a história dos nossos antepassados como sentisse novamente o orgulho das minhas raízes suíças. Lembrei-me imediatamente da minha infância e da lenda de Guilherme Tell, o herói nacional da Suíça; da frase que ficou célebre na história dos Três Mosqueteiros: UM POR TODOS E TODOS POR UM – lema da Suíça - e que, desde então, quando dita, simboliza o compromisso entre pessoas capazes de enfrentar qualquer dificuldade. Dificuldades que meu avô e tantos outros passaram ao chegar ao Brasil com a necessidade de se adaptar à nova terra. Por outro lado, não poderia deixar de citar a alegria e a satisfação com que meus pais frequentavam esta sociedade. (Um parênteses: Minha mãe este ano completaria 100 anos.) Com que amor e orgulho eles se dedicavam ao então Chalé Suíço,

É sempre no dia 1º de agosto que tenho a sensação e a confirmação de que esta data tem um significado marcante na vida de cada um de nós. É ela que nos une como cidadãos, cidadãos suíços ou suíço-descendentes. Com muito orgulho, mesmo com algumas dificuldades, na hora de ser suíço ou descendente de, todos estamos juntos! Onde estivermos e com quem estivermos, precisamos continuar mantendo vivas as tradições e os valores suíços como estrangeiros.

A bem da verdade, nossa Sociedade passa por momentos de incertezas e preocupações em relação ao seu futuro, ao seu diminuto quadro social, havendo uma clara necessidade de nos unirmos cada vez mais para que a sua história não sucumba. Precisamos reciclar nosso grupo e nossas ações... Por quanto tempo? Não sei... só o tempo dirá!

Vale aqui, no entanto, um agradecimento especial, à Nilvana e a todo grupo dos valesanos, da Associação Suíço-Valesana do Brasil, pelo apoio e participação de sempre às nossas atividades.  Acredito que, dessa forma - unindo os membros das associações e da comunidade em geral - estaremos dando continuidade ao que tanto almejamos: a manutenção de uma sociedade com história a ser preservada, para que continue a manter viva a memória de tudo o que construiu e representou também para as famílias cujas histórias se entrelaçam à história dessa Sociedade, fazendo valer o lema da Suíça: UM POR TODOS E TODOS POR UM!

E para finalizar, gostaria de agradecer a presença de todos, ao envolvimento e colaboração do Consulado Geral da Suíça, do Consulado Honorário de Porto Alegre, na pessoa do Sr. Gernot Haeberlin e família, aos Valesanos, à Santa Clara, à minha Diretoria, em especial ao Fernando, à Zenia, ao Joel que organizaram tão carinhosamente o nosso evento – e dizer que estou muito feliz por estarmos reunidos hoje aqui para mais uma vez celebrarmos a DATA NACIONAL SUÍÇA!

 

Por fim o sr. Gernot Haeberlig, Cônsul Honorário da Suíça em POA,  destacou o trabalho do casal Zênia e Fernando, e em nome deles agradeceu a todos pela ajuda na preparação da festa.

Agradeceu a participação Santa Clara na festa da Data Nacional apresentando uma Raclette, resultado do convite feito ao Pe. Agostinho para que o Presidente Cooperativa oferecesse uma Raclete aos moldes da apresentada no FestiQueijo em Carlos Barbosa.

Destacou também a participação do Consulado Geral da Suíça na preparação da Festa bem como com o oferecimento de brindes.

Por fim ofereceu uma nova bandeira da Suiça, à ASVB,  para ser hasteada nas solenidades oficiais, que foi entregue pela menina Katherine (neta do Sr. Gernot) a Sra. Nilvana Sauthier.


O jantar constava de uma tábua de frios, com queijos, frutas e sopas. Destaque para uma raclette, que encatou a todos.

asvb@asvb.com.br


© 2015 - 2019 Associação Suíço-Valesana do Brasil - admin